sábado, 3 de outubro de 2009

"Para a Minha Irmã" de Jodi Picoult

TÍTULO ORIGINAL: My Sister's Keeper
AUTOR:
Jodi Picoult
TRADUÇÃO: Ana Figueira
COLECÇÃO: Romance
EDITORA: Civilização Editora
EDIÇÃO: Novembro de 2005
PÁGINAS: 408
ISBN: 9789722623704

SINOPSE

Os Fitzgerald são uma família como tantas outras e têm dois filhos, Jesse e Kate. Quando Kate chega aos dois anos de idade é-lhe diagnosticada uma forma grave de leucemia. Os pais resolvem então ter outro bebé, Anna, geneticamente seleccionada para ser uma dadora perfeitamente compatível para a irmã. Desde o nascimento até à adolescência, Anna tem de sofrer inúmeros tratamentos médicos, invasivos e perigosos, para fornecer sangue, medula óssea e outros tecidos para salvar a vida da irmã mais velha. Toda a família sofre com a doença de Kate. Agora, ela precisa de um rim e Anna resolve instaurar um processo legal para requerer a emancipação médica - ela quer ter direito a tomar decisões sobre o seu próprio corpo.
Sara, a mãe, é advogada e resolve representar a filha mais velha neste julgamento. Em Para a Minha Irmã muitas questões complexas são levantadas: Anna tem obrigação de arriscar a própria vida para salvar a irmã? Os pais têm o direito de tomar decisões quanto ao papel de dadora de Anna? Conseguimos distinguir a ténue fronteira entre o que é legal e o que é ético nesta situação? A narrativa muda de personagem para personagem de modo que o leitor pode escutar as vozes dos diferentes membros da família, assim como do advogado e da tutora ad litem, destacada pelo tribunal para representar Anna.

A MINHA CRÍTICA

Jodi Picoult, mais uma vez, surpreendeu-me.
Li este livro em pouco mais de 3 dias. Estou fascinada e ainda um pouco abalada com o facto de a história já ter terminado. É um livro que nos toca tão profundamente, que se torna difícil conseguir esquecê-lo. Neste livro, Picoult começa logo por se desmarcar dos outros livros comuns pelo facto de não dividir a história em capítulos, mas sim, pela visão e vivência de cada maravilhosa personagem que ela cria e nos permite conhecer. À medida que a história se desenrola, somos surpreendidos com uma família que não é como as outras, uma vez que esta tem de conviver, em conjunto, com um problema que não tem solução. Picoult consegue trazer-nos, ao mesmo tempo que escreve uma história maravilhosa, conhecimentos específicos de uma determinada área, os quais revelam uma pesquisa intensa e aprofundada da mesma por parte da autora. Li este livro influenciada pelo facto de este ter sido adaptado ao cinema e, por a curiosidade ter sido mais forte em lê-lo do que em ir ver o filme ao cinema. Agora tenho alguma curiosidade em ir ver o filme, apesar de me desagradar a ideia de terem alterado o final da história com a "desculpa" de não ser tão trágico. O que é certo, é que fiquei com vontade de estar de novo perto destas personagens que, da forma como Picoult nos apresenta, se tornam eternas na nossa memória.
É, sem dúvida, um livro que recomendo a quem queira passar algumas horas de puro prazer com uma leitura de excelente qualidade, à qual Jodi Picoult já nos habitou a ter.

A MINHA CLASSIFICAÇÃO

10/10 - Obra-Prima

4 comentários:

Tinkerbell disse...

Tenho um carinho mt grande por jodi picoult, adoro os seus livros, para a minha irmã foi o segundo que li dela, no original e adorei desde aí quero tudo o que diga jodi picoult na capa.
Quando fiz o blog já tinha lido e dp não fiz nenhum post ao livro Para a minha irmã, mas fiz do livro Pacto, que se ainda não leste, deves ler!

eu já li da escritora:
- 19 minutos;
- Para a minha irmã;
- O décimo circulo;
- em troca de um coração;
- uma questão de fé;
- o pacto
(http://the-door-to-my-imaginarium.blogspot.com/2009/08/o-pacto-jodi-picoult.html)

bjs e boas leituras**

Tatiana disse...

por falar em Jodi Picoult, convido-lhe a participar no passatempo que está a decorrer no blogue www.tastethisbook.blogspot.com
Convido-lhe também a visitar o meu blogue pessoal: www.ocantinhodatati.blogspot.com , onde também pode participar num passatempo!

espero que goste do meu cantinho! eu gostei do seu (ah! escusado será dizer que vim por recomendação da Tinkerbell ;) )

Felicity e Gucci disse...

Espero em breve também ler este livro...lindo blogue...

beijtos

Mariana Malhão disse...

Tinkerbell:

A Jodi Picoult para mim, foi a autora deste ano...

Adoro os seus livros (apesar de ainda ter lido poucos), mas os que leio, surpreendem-me sempre! Daí que também tenho um carinho muito especial por esta autora, tal como tu Tinkerbell (mais uma vez obrigada pelo comentário!).

Tentei o passatempo Frágil no teu blog, mas a sorte saiu um pouco ao lado. Mas também confesso que não tenho muita sorte com frases (não saí grande escritora!).

Irei concerteza experimentar O Pacto, pois adorei a tua opinião e fez-me crescer vontade de ir ler já o livro.

Tatiana:

Muito obrigada pelo aviso dos passatempos :) Vou tentar mais uma vez no Frágil (só não tento no do Jeff Abbot porque já tenho o livro, e é sempre bom deixar a oportunidade para outros ganharem!).
Obrigada pela visita e pelo comentário! Fiquei muito contente de saber que alguém espreitou o meu cantinho!
Também fui espreitar o teu e gostei muito! Vou passar a dar sempre um saltinho lá!

Felicity e Gucci:

Acredita que este livro vale bem a pena. Eu fiquei rendida à Jodi Picoult...
Obrigada pela visita e pelo comentário!

 

A Galáxia dos Livros Copyright © 2010 Designed by Mariana Malhão