sábado, 31 de outubro de 2009

"No Teu Deserto" de Miguel Sousa Tavares

TÍTULO ORIGINAL: No Teu Deserto
AUTOR:
Miguel Sousa Tavares
EDITORA: Oficina do Livro , Leya
EDIÇÃO: Julho de 2009
PÁGINAS: 128
ISBN: 9789895554645

EXCERTO

“Esta história que vos vou contar passou-se há vinte anos. Passou-se comigo há vinte anos e muitas vezes pensei nela, sem nunca a contar a ninguém, guardando-a para mim, para nós que a vivemos. Talvez tivesse medo de estragar a lembrança desses longínquos dias, medo de mover, para melhor expor as coisas, essa fina camada de pó onde repousa, apenas adormecida, a memória dos dias felizes.”

«Éramos donos do que víamos: até onde o olhar alcançava, era tudo nosso. E tínhamos um deserto inteiro para olhar.»

«Ali estavas tu, então, tão nova que parecias irreal, tão feliz que era quase impossível de imaginar. Ali estavas tu, exactamente como te tinha conhecido. E o que era extraordinário é que, olhando-te, dei-me conta de que não tinhas mudado nada, nestes vinte anos: como nunca mais te vi, ficaste assim para sempre, com aquela idade, com aquela felicidade, suspensa, eterna, desde o instante em que te apontei a minha Nikon e tu ficaste exposta, sem defesa, sem segredos, sem dissimulação alguma.»

«Parecia-me que já tínhamos vivido um bocado de vida imenso e tão forte que era só nosso e nós mesmos não falávamos disso, mas sentíamo-lo em silêncio: era como se o segredo que guardávamos fosse a própria partilha dessa sensação. E que qualquer frase, qualquer palavra, se arriscaria a quebrar esse sortilégio.»

«Eu sei que ela se lembra, sei que foi feliz então, como eu fui. Mas deve achar que eu me esqueci, que me fechei no meu silêncio, que me zanguei com o seu último desaparecimento, que vivo amuado com ela, desde então. Não é verdade, Cláudia. Vê como eu me lembro, vê se não foram assim, passo por passo, aqueles quatro dias que demorámos até chegar juntos ao deserto.»

A MINHA CRÍTICA


No teu deserto foi uma viagem curta, repleta de significado e de, ao mesmo tempo, simplicidade.
Gostei de fazer esta viagem que o autor nos leva a conhecer. Vinha com algumas expectativas relativamente a este livro, e posso dizer que não fiquei nada desiludida.
Não é um livro cheio de conteúdo, nem de uma história complexa, mas sim, um conjunto de momentos vividos entre o autor e Cláudia, numa aventura no deserto.
À medida que ía lendo, encontrava várias frases que me tocavam pela beleza que transmitiam.
Transcrevo aqui uma delas:

"A terra pertence ao dono, mas a paisagem pertence a quem sabe olhar" (Miguel Sousa Tavares, 2009, pp.51)

Esta viagem leva-nos a conhecer um relacionamento bonito e eterno, entre o autor e Cláudia. Não é, de facto, um Romance e, após a leitura, compreendi a classificação de "Quase Romance".
Apenas aponto como ponto negativo, o facto de, logo antes de começarmos a ler esta obra, o autor nos dizer que Cláudia morreu. Talvez isto tenha um pouco a ver comigo, mas não gosto de saber o que aconteceu no final da história, antes de a ler e de conhecer as personagens.

A MINHA CLASSIFICAÇÃO


7/10 - Bom

5 comentários:

Tinkerbell disse...

adoro descobrir blogs sobre livros + um para eu seguir com carinho e atenção!


em relação a miguel sousa tavares tenho curiosidade pelo autor e esta obra, confesso que nunca li nada dele, e sempre seria um bom começo :)

bjs e boas leituras

Tatiana disse...

gostava de ler algo deste autor... deve ser interessante!

ah! já sei quem é! vi as suas estantes no blogue Estante de Livros xD
O seu gato(a) é super fofinho! e ficou lindo na fotografia!

Laelany disse...

Olá Mariana! Parabéns pelo blog!

Passa pelo meu blog, tens um selinho de Natal para ti ;)
(http://chmeianoite.blogspot.com/)

Mariana Malhão disse...

Tinkerbell:

Esta obra foi a primeira que li de Miguel Sousa Tavares e realmente foi uma boa experiência. É um livro diferente dos outros... Muito "soft" mas bonito.
Não consigo compará-lo a nenhum, mas soube bem a sua leitura!

Tatiana:

Sim, sou eu, a dona daquelas estantes enfeitadas com uma gata traquina e travessa! São as minhas duas paixões... Livros e gatos... Livros tenho muitos... E gatos tenho um casalinho! O meu velhote Miki de 12 anos (o ancião cá da casa) e a Minnie (que vai fazer um ano que adoptei) e que está sempre a inventar asneiras e a trepar para os sítios mais inimagináveis :)
Obrigada mais uma vez pelos comentários!

Laelany:

Fui espreitar o teu cantinho e fiquei agradavelmente surpreendida... Adorei!
E muito obrigada pelo selinho!! =) É o meu primeiro!

branca de neve disse...

Não li este livro. Li só O Equador e o Rio das Flores. Apesar da tua opinião positiva o livro não me atrai. Confesso que preferido Grandes Romances.

 

A Galáxia dos Livros Copyright © 2010 Designed by Mariana Malhão